quarta-feira, 21 de maio de 2014

Tempo ao tempo...


   É incrível como o tempo passa, e a gente se ocupa de tal maneira, que algumas coisas acabam ficando  meio que "de lado"!
   O blog sempre teve um valor sentimental imenso pra mim. Como desabafo, como "quem me acolhe", como ajuda a outras pessoas...Enfim! Hoje, depois de uma boa conversa com minha terapeuta, resolvi atualizá-lo. Tanta coisa aconteceu neste 2014, que vou tentar fazer um resuminho e atualizar meu espaço mental virtual emocional!
   Meu pré -natal foi ótimo! Tive um acompanhamento bem intenso com Dra.Clarissa, obstetra.
   Passado todos os sustos iniciais da gestação, o resto foi só curtição, paparicos e mimos. 
   De verdade, a Valentina foi muito, mas muito esperada! Estávamos todos muito felizes e ansiosos com a chegada dela. Não víamos a hora! Era uma mistura de sentimento de realização e esperança na nova vida.
   Feliz. Puramente feliz. Assim foram meus dias de barrigão. Curti cada momentinho, cada carinho na barriga, cada sorriso de desconhecidos quando olham para a barriga...
   ...A Valentina veio um pouquinho antes. 
   Eu costumava andar toda arrumada. Mãos e pés feitos, depilação em dia, cabelo escovado, maquiadinha, barrigão de fora, sempre! Eis , que numa consulta de rotina, DIA 06/02/2014- num calor de 40 graus em Porto Alegre, resolvo ir de chinelinho mesmo...(daqueles que sujam bem os pés), sem maquiagem alguma (afinal, eu derreteria no solão de 40 graus), e as unhas no estilo "meia boca", porque tinha feito há três dias. Resultado: pressão alta detectada na consulta! Orientação médica: vamos direto ao hospital fazer exames.  O Felipe foi em absolutamente todas as consultas, exceto essa.Eu estava com minha mãe. Queria que ela conhecesse a obstetra. Então , nervosa, liguei pra ele de dentro do táxi e disse: -Acho que a Valentina vai nascer hoje. Traz minhas maquiagens.(hahahahaha- a louca!!)  Rumo ao hospital...Resultado? Pré-eclâmpsia! É uma doença placentária que altera e muito , a pressão sangüínea. Tivemos que fazer a cesárea de urgência. A mãe e o bebê podem correr riscos, por isso, se faz assim que possível!.Cheguei no hospital Moinhos pelas 18:30h, e às 23:47h,  do dia 06/02, nasceu minha princesa. Meu nervosismo, por causa da descoberta da doença, fazia com que eu me tremesse sem parar...até que ela apareceu! Foi INCRÍVEL! O melhor dia dos meus 32 anos vividos! O melhor sentimento do mundo! O choro mais doce. As lágrimas mais puras. Nunca vi tanta gente que me ama, tão feliz ao mesmo tempo!! Minha família em êxtase! Meu sogro e minha sogra super emocionados... E o Felipe...ahhh, esse cara estava muito ansioso e muito feliz! Ele estava diferente. Os olhos brilhavam de maneira única!
Ficamos 4 dias na maternidade. Minha pressão continuava alta, mas, mesmo assim, tivemos alta da maternidade.
Fiquei 24h em casa. Minha pressão subiu tanto em casa, que tive que ir para emergência do hospital. A pior parte de todas, é que a Valentina só mamava no peito, e como era recém-nascida(4dias), ela não podia ir para o hospital comigo. Tirei leite com a tal bomba de tirar leite, deixei ela com o papai e fui para o hospital com minha mãe. 
Lá, as coisas só pioraram. Minha pressão chegou a 20/13. Nada bom pra quem já "tirou" a placenta. 
Chamaram um cardiologista. Fui internada e lá fiquei. Minha pressão subia e baixava de hora em hora. No terceiro dia, liberaram a Valentina pra ficar comigo no leito...até porque eu chorava tanto, que a pressão certamente não baixaria logo. 
   Ela e o Felipe foram de mala e cuia pro hospital comigo. Saibam: Renasci ali!! Com a chegada deles! 
   Fiquei mais cinco dias e fui liberada. A pressão continuava alta, porém estabilizada. Fui devidamente medicada pra casa. O Acompanhamento com o cardiologista continuou fora do hospital, e no final das contas, tudo deu certo! 
   Passado todo o susto e tudo já no seu devido lugar, tenho a impressão que comigo, as coisas nunca são lá tão fáceis! Tudo tem um tempero a mais!
   Mas de uma coisa estou certa: sou uma sortuda!
   Construí minha família com o Felipe, meu marido, que amo muito, muito mesmo! 
   Tenho uma mãe incrivelmente apaixonada por mim e pela Valentina. Tenho pais presentes. Sogros queridos e também super presentes. Irmãos doidos que eu amo muito. Sobrinhos lindos! Cunhados gente boa! Amigos maravilhosos !!! 
   E... Por último, mas não menos importante: sempre dou a volta por cima de tudo. Tiro proveito do que passou e olho pra frente, pra conquistar mais uma batalha, seja ela qual for!
Um beijo, com açúcar e afeto...E força na peruca!
Nana

  (Aí, fotos dos momentos mais emocionantes desses últimos meses!)

10 comentários:

  1. É muita emoção, muito amor.
    É vida pura nossa gurreira!

    ResponderExcluir
  2. É muita emoção, muito amor.
    É vida pura minha guerreira.
    O tempo a mais que tens é para saboreares muito mais as tuas vitórias.

    ResponderExcluir
  3. Amiga linda, me emocionei e chorei ao ler suas palavras!!! Sabe aqueles filmes que passam na nossa cabeça? Me lembrei de quando te conheci, da empatia e simpatia de cara!!!! Amei o sotaque gaúcho, Bahhhhh!!!!(rsrsrsr) tanto que o Tu e o Ti tão comuns aos gaúchos nunca mais saíram da minha boca!!!! E com o tempo a amizade só se fortaleceu. Daí veio um grande susto e ninguém aqui no Rio conseguia descobrir o que estava acontecendo contigo. Corre para o Sul!!! O que ninguém imaginava era como a vida iria pregar tantas peças e mudar tanto a tua vida!!!! Tu é muito guerreira mesmo!!! E eu sou muito grata por ter tido a honra de ter você e a tua amizade na minha vida!!!!! Te amo!!!!!!!! Muitos beijinhos pra você e na fofolete!!!!!!!! Força sempre!!!!!! :)

    ResponderExcluir
  4. Emocionante Fe! Admiro muito esta garra, determinação e fé ! Roberta Prates dá Cunha

    ResponderExcluir
  5. Faço das palavras da Ana, as minhas também. Nana, você e muito querida!

    ResponderExcluir
  6. Fernanda! Que bom que você postou novamente!
    Li e reli seu blog umas 20 vezes após o diagnóstico de LH do meu marido. É meu blog preferido sobre o assunto e me deu muita força durante todo o tratamento quimioterápico dele, que terminou nesta segunda-feira, dia 19/05.
    Te acompanhei também pelo Facebook e fiquei muito feliz quando vi sua filha, você tão cheia de vida e gerando mais vida! Inspirador, motivador, emocionante.
    Que Deus continue abençoando sua vida e de sua filhinha linda!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Fernanda, como eu admiro vc....leio o seu blog desde o início e sempre dava uma olhada e outra pra ver se tinha novas postagens....quando li sobre sua "nova vida", sua gravidez e agora com a chegada da Valentina fiquei muito feliz por você e sua família. Tive um bebê ano passado e sem dúvida nenhuma vc é muito abençoada pois só quando somos mães é que temos a real noção do amor e da entrega total...vc merece tudo o que há de melhor e esse homem que está ao teu lado é um anjo enviado por Deus pra dar esse novo colorido à sua vida....então, desta amiga anônima que se emociona lendo suas postagens segue uma ordem: VIVA VIVA e VIVA!!!! Beijos doces e um forte abraço.

    ResponderExcluir
  8. oi fernanda por favor me fale quantas quimioterapia vc fez rádio e qual estágio do linfoma que vc teve tb me chamo fernanda e tb to em tratamento inicie as rádio

    ResponderExcluir